segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Era uma vez... no Pavilhão do Conhecimento

A ciência está em todo o lado. Mas será que também a podemos encontrar no imaginário fantástico das histórias infantis? Nos castelos assombrados, na floresta labiríntica, na casa de chocolate de Hansel e Gretel, no espelho mágico da Bruxa Má ou num pé de feijão que cresce sem parar até tocar no nariz de um gigante?

Era uma vez… Ciência para quem gosta de histórias é uma exposição interativa de ciência e tecnologia que explora fenómenos e conceitos das ciências naturais, como a Física, a Química, a Matemática, a Geologia e a Biologia, mas também das ciências sociais e de outras áreas do saber.

Para saberes mais, clica na imagem.

http://www.pavconhecimento.pt/visite-nos/exposicoes/detalhe.asp?id_obj=2280
 
 

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Dom Quixote de la Mancha e Sancho Pança

Octavio Ocampo
Conhecer D. Quixote de la Mancha, uma das obras maiores da literatura universal.

ATIVIDADE
Já que na aula a internet gosta de nos pregar partidas, fica aqui o vídeo que não conseguimos ver sobre D. Quixote.


Visualiza o filme até ao minuto 3.54 e responde ao questionário da página 75 do manual Conto Contigo 8.

 








 
Para saberes mais sobre o livro, o autor, as personagens e as suas façanhas, clica sobre este link.
 http://dquixote.no.sapo.pt/index.HTML
 
 
 



domingo, 17 de novembro de 2013

Lendas

Gostam de lendas? Então aqui fica um link para o lendarium.org que vos pode ajudar a fazer um recolha de lendas ou, simplesmente, a lê-las.

http://gostodeverarte.blogspot.pt/2010/08/
madu-lopes-pintor-gaucho-tche.html
Lenda do Amor Imortal   
Lenda dos Sete Ais                    
A lenda das Amendoeiras
Lenda da Cova Encantada

Clicando na imagem abaixo, vais ter acesso a uma grande variedade de lendas.

http://www.lendarium.org/

Há muitas outras hipóteses disponíveis. Aqui vai mais uma história tradicional:


Jornal Expresso, Fábulas de La Fontaine
 

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

O Tesouro, de Eça de Queirós


Antes de leres o conto "O Tesouro", de Eça de Queirós, observa este vídeo:

O Tesouro - Mr Bean - Bean's Bounty (clica na imagem)



segunda-feira, 11 de novembro de 2013

História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar

Resumo ilustrado da história de Zorbas, um gato grande, preto e gordo.
"Com a graça de uma fábula e a força de uma parábola, o grande escritor chileno, Luís Sepúlveda, oferece-nos neste seu livro uma mensagem de esperança de altíssimo valor literário e poético."


domingo, 10 de novembro de 2013

História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar


Uma gaivota, vítima da poluição de uma maré negra, confia o seu ovo a um gato chamado Zorbas, pedindo-lhe para cumprir três promessas: não comer o ovo; cuidar dele até nascer a gaivota; e por fim ensiná-la a voar. Zorbas pede ajuda a três amigos para tentar levar a cabo a estranha missão: depois de passarem por muitos perigos para cumprirem as duas primeiras promessas, eles têm que recorrer a alguém especial para os ajudar a ensiná-la a voar. Mas, para isso, têm que quebrar o tabu dos gatos...         Clica nos livros para saberes um pouco mais.
http://www.slideboom.com/presentations/450120/Hist%C3%B3ria-de-uma-gaivota-e-do-gato-que-a-ensinou-a-voar


Uma leitura da História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar

Esta é a história do gato Zorbas. Um dia, uma formosa gaivota apanhada por uma maré negra de petróleo deixa ao cuidado dele, momentos antes de morrer, o ovo que acabara de pôr. Zorbas, que é um gato de palavra, cumprirá as três promessas que faz nesse momento dramático: não só criará a pequena gaivota, como também a ensinará a voar. Tudo isto com a ajuda dos seus amigos Secretário, Sabetudo, Barlavento e Colonello, dado que, como se verá, a tarefa não é fácil, sobretudo para um bando de gatos mais habituados a fazer frente à vida dura de um porto como o de Hamburgo do que a fazer de pais de uma cria de gaivota...

Luís Sepúlveda, o grande escritor chileno, oferece-nos neste seu livro uma mensagem de esperança de altíssimo valor literário e poético. Companheirismo, responsabilidade, comprometimento, trabalho de equipa são as armas que Sepúlveda apresenta nesta bela história como as ideais para levar a missão a bom porto. Enquanto é lançado o alerta relativo aos problemas causados pela poluição criada pelos humanos, vemos um grupo de animais a tentar minorar o problema com as armas que têm à mão (ou à pata), dando uma lição de competência aos humanos.


Para ajudar a compreender a mensagem deste livro, podes ver:

Vídeo de promoção do espetáculo do Teatro Art'Imagem: História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar. Texto: Luís Sepúlveda. Dramaturgia e encenação: Pedro Carvalho e Valdemar Santos. 
http://panoturno.files.wordpress.com/2012/07/reflexc3b5es-sobre-a-obra-de-luc3ads-sepc3balveda_histc3b3ria-de-uma-gaivota-e-do-gato-que-a-ensinou-a-voar_efa-b3c_junho-2012.pdf

Deixo também aqui um trabalho feito por alunos da escola Padre Alberto Neto.
Clica na capa do livro.

Classes de palavras - O adjetivo

Não é a primeira apresentação que faço aqui a esta classe de palavras: o adjetivo. Espero que a aches fantástica, interessantíssima, oportuníssima, mais completa do que a anterior e igualmente bem explicada. Não é demasiado longa para que não fiques aflito ou aflita, nem demasiado infantil ou pueril como convém ao universo estudantil.


sábado, 9 de novembro de 2013

A Banda Desenhada

Apresentação de BD com glossário e exercícios.


BD  adaptado de Conto Contigo8, Areal Ed. 
 

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Ondjaki vence Prémio José Saramago

À oitava edição, o Prémio Literário José Saramago foi para Ondjaki, escritor e poeta que nasceu em Luanda em 1977, autor do romance Os Transparentes, publicado pela Caminho em 2012 e que é um retrato de Angola.
O prémio foi esta terça-feira anunciado na sede da Fundação José Saramago, na Casa dos Bicos, em Lisboa. Numa cerimónia em que a poeta angolana Ana Paula Tavares, e um dos membros do júri, fez o elogio do autor e da obra distinguida por unanimidade. 

http://www.publico.pt/cultura/noticia/premio-jose-saramago-2013-atribuido-1611412

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Mia Couto distinguido com prémio internacional de literatura Neustadt

O escritor moçambicano Mia Couto foi distinguido com o prémio internacional de literatura Neustadt, atribuído de dois em dois anos pela Universidade de Oklahoma.

Este é considerado o prémio Nobel norte-americano. Entre os nomeados estavam, o japonês Haruki Murakami e o argentino César Aira.

O galardão é entregue desde 1970 e já distinguiu, entre outros, o brasileiro João Cabral de Melo Neto, Álvaro Mutis, Octávio Paz e Giuseppe Ungaretti.

Mia Couto, pseudónimo de António Emílio Leite Couto, de 58 anos, já recebeu os prémios Camões, Eduardo Lourenço e o da União Latina de Literaturas Românicas.
Além do cheque, no valor de 50.000 dólares, o autor vai receber uma reprodução em prata de uma pena de águia.
"A Confissão da Leoa", editado o ano passado é o seu mais recente livro.

Lê a notícia em
http://www.publico.pt/cultura/noticia/mia-couto-distinguido-com-premio-internacional-de-literatura-neustadt-1611149