quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

A ORIGEM DAS ESPÉCIES, a partir de Darwin

Na 4ª feira passada, dia 14 de dezembro, os nossos alunos do 8º ano foram ao teatro D. Maria e embarcaram numa aventura inspirada na mítica viagem que levou Darwin a seguir as pegadas da vida na terra. Um espetáculo cheio de cor onde não  faltaram pirilampos, escaravelhos luminosos, larvas e múltiplos animais marinhos.

Para recordar, cliquem no link e vejam algumas fotos do espetáculo. Certamente, algumas ficaram na vossa memória. 

A seguir à passagem pelo McDonalds, fomos ao Museu Nacional de História Natural para sabermos mais sobre os nossos antepassados dinossauros.                     

Visitámos as exposições "A aventura da Terra" e "Francisco Arruda Furtado, Discípulo de Darwin" e os alunos realizaram atividades educativas na Exposição Participativa de Física.

 



segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

O Castelo de Faria


Conto Contigo 7, Areal, páginas 75 a 84, Compreensão do texto, questionário resolvido.




quinta-feira, 17 de novembro de 2016

«Diário de Anne Frank» no Teatro

É uma das histórias mais marcantes do século XX — aquela que a adolescente judia alemã Anne Frank contou na primeira pessoa no seu diário durante a 2.ª Guerra Mundial e o Holocausto, e que foi editado em livro em 1947.
Anne Frank esteve escondida com a família num anexo secreto numa casa em Amesterdão, na Holanda, para onde tinham fugido por causa da opressão do regime nazi. Morreu em 1945, aos 15 anos, no campo de concentração de Bergen-Belsen, dois meses antes da libertação do campo pelos Aliados, mas concretizou o sonho de se tornar uma escritora.
Ao longo dos anos, “Diário de Anne Frank” foi retratado em várias peças de teatro e filmes, e agora chega ao Auditório Municipal Eunice Muñoz, em Oeiras.
A encenação é de Celso Cleto e tem no elenco Alexandra Leite, Augusto Portela, Carmen Santos, Helena Veloso, Igor Sampaio, Joana Coelho, Rita Cleto, Sérgio Silva e Tiago Careto. O texto é do dramaturgo belga Éric-Emmanuel Schmitt.
A peça, que fica em cena até 18 de dezembro, vai ter sessões de quarta-feira a sábado, às 21h30, e aos domingos, às 16 horas. Os bilhetes estão à venda no local por 12,50€, mas os estudantes e as pessoas com mais de 65 anos só pagam 7,50€. 
texto: Ricardo Farinha  http://ticketline.sapo.pt/
Co-Produção: DRAMAX - Centro de Artes Dramáticas de Oeiras / Câmara Municipal de Oeiras

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Antes da Inundação – Documentário de Leonardo Di Caprio

Antes da Inundação – Documentário de Leonardo Di Caprio



O filme produzido por DiCaprio mostra e explica qual o impacto das alterações climáticas no planeta, através de uma viagem em que o próprio visita os locais atualmente mais afetados, procurando formas de atuarmos para revertermos a situação no imediato.

"É um filme criado para educar as pessoas relativamente à urgência das alterações climáticas e para inspirá-las a fazerem parte da solução deste problema." 

Before the Flood estreou no dia 30 de outubro, às 22:30, no National Geographic Channel.
outras emissões:
sábado, 5 de novembro às 22:30
quinta-feira, 24 de novembro às 23:00
sexta-feira, 25 de novembro às 14:25


quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Daisy Chain - O vídeo anti-bullying infantil que está a conquistar o mundo


"Daisy Chain" nasceu como uma história de embalar e em três anos tornou-se um dos livros interativos de maior sucesso na Austrália. E também um curta metragem com a narração da atriz Kate Winslet.


http://observador.pt/2015/10/16/video-antibullying-infantil-esta-conquistar-mundo/

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Alice Vieira


Alice Vieira, rainha de Penafiel 
Entrevista Rádio Renascença

Alice Vieira Escrita Criativa

Alice Vieira em entrevista ao SAPO Livros

Resultado de imagem para alice vieira Penafiel

O novo livro de Alice Vieira
Joaquim José é um jovem lisboeta de 14 anos em 1910.
Pai republicano, avó monárquica, criada com namorado da Carbonária e aluno de um dos homens que mataram D. Carlos e D. Luís Filipe, facilmente se compreende a confusão que vai na sua cabeça. 
O seu diário é o registo bem-humorado desses dias de sobressalto que vão dar ao 5 de Outubro.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Frida Kahlo

Hoje pedi aos alunos uma pesquisa sobre a artista mexicana Frida Kahlo. Há tanta publicação sobre ela que o difícil é escolher. Para ajudar, fica esta ligação com o sugestivo título  
15 curiosidades sobre a artista mexicana Frida Kahlo que te vão  deixar ainda mais apaixonado por ela

Árvore da esperança” (1946) Mantém-te firme! Resiste, é o teu dever. Resiste, apesar de tudo, apesar de todas as circunstâncias, por favor, mantém-te de pé! Museu de Arte Contemporânea em Chicago.
"Viva a vida" (1954) Museu Frida Kahlo, Coyoacán, México.

Nota:
O texto está em português na variante do Brasil.
No fim, encontram vários links, um dos quais para o Museu Frida Kahlo.

sábado, 28 de maio de 2016

E Se Fosse Consigo? O Racismo

E Se Fosse Consigo? O Racismo


A SIC está de parabéns por esta excelente série que mostra a realidade. Uma série que poderá ajudar vítimas mas também agressores. Fica o 1º episódio sobre o racismo.



E Se Fosse Consigo? Obesidade

E Se Fosse Consigo? A Obesidade Peso da Imagem


2º episódio desta excelente série da SIC. Desta vez aborda o peso da imagem. Até que ponto uma pessoa mais gorda tem menos oportunidades ou é alvo de discriminação? Quantos param para pensar no sofrimento emocional de quem trava uma luta em casa com a balança e na rua com o olhar dos outros? A equipa do programa esteve, em exclusivo, numa reunião de obesos e ex-obesos no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

http://www.comregras.com/fosse-consigo-obesidade-peso-da-imagem/

E Se Fosse Consigo? Homofobia

E Se Fosse Consigo? – Homofobia 



Neste episódio fala-se sobre a homofobia. Como convidados para o debate estiveram a Diretora-Executiva da Ilga, Marta Ramos, a presidente da Associação AMPLOS, Margarida Lima de Faria e André Mendonça.

 



quinta-feira, 26 de maio de 2016

E Se Fosse Consigo? Bullying


3º Episódio, autoria SIC - Para ver, pensar e agir

Neste programa aborda-se o tema do bullying e as consequências que este tipo de violência tem na vida de crianças e jovens, sobretudo em contexto escolar. Uma associação de Braga tenta combater o bullying através da prevenção e passa a mensagem da importância que uma denúncia pode fazer na vida das vítimas.

http://www.comregras.com/e-se-fosse-consigo-bullying/

terça-feira, 3 de maio de 2016

quarta-feira, 27 de abril de 2016

domingo, 24 de abril de 2016

Concurso de Leitura Eduarda Galhoz

No dia 21 de abril, na Biblioteca da DDJ, decorreu a 2ª fase do XXV Concurso de Leitura.
Na sessão da manhã, contámos também com a presença da professora Eduarda Galhoz, que dá o nome ao concurso.
A todos muitos parabéns!
https://pt.scribd.com/doc/310293370/Os-Melhores-2016
https://pt.scribd.com/doc/310293370/Os-Melhores-2016

Concurso Ortográfico 2015-2016


E finalmente, cá estão os resultados do Concurso Ortográfico.
Obrigado a todos pela colaboração.
Clica nos lápis para saberes quem são os vencedores.

https://pt.scribd.com/doc/310292117/VencedoresConcursoOrtografico2015-16

https://pt.scribd.com/doc/310292117/VencedoresConcursoOrtografico2015-16

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Turpilóquios - blog ou blogue

Turpilóquios – O ComRegras é um “blog” ou blogue?

by Alexandre Henriques
turpilóquiosPorque confundimos algumas palavras? Por que razão cometemos erros de ortografia?
Nas frases interrogativas usamos o “porque” e o “por que”. Se antecede um verbo, usa-se “porque”. Se antecede um nome, deve escrever-se separado “por que”.
O ComRegras é um “blog” ou blogue?
As línguas são cada vez menos xenófobas. A palavra blog pode ser escrita na sua forma original se for destacada em itálico ou se estiver entre vírgulas. Todavia, coexiste com “blogue”, um aportuguesamento da palavra já dicionarizado e que tomou forma a partir da fonética da palavra inglesa. De momento, é aceitável usar as duas grafias. As palavras, como os imigrantes, precisam de algum tempo para estabilizar.
Os dois alunos malquistaram-se. Os TPC em excesso malquistam os encarregados de educação.
O verbo malquistar admite uma forma pronominal e uma forma transitiva. Significa que alguém se zanga ou se torna inimigo de outrem, ou que alguma coisa faz zangar alguém. As malquerenças devem ser evitadas, exceto quando não o podem ser.
Se não fosses tu... Eu não desabafo senão contigo!
A primeira frase é constituída por uma oração condicional, estando a subordinada implícita. A forma “senão” é sinónima de “exceto”. Para perceber como se escreve, devemos proceder a uma substituição lexical. 
*Exceto não fosses tu… Eu não desabafo exceto contigo.
 Vai-se andando, tem de ser e outros psitacismos…
Tenho simpatia por esta palavra. Significa falar de cor, discursar sem conteúdo, copiar as frases dos outros. É o ato de fala verborrágico por excelência, tão comum nos nossos dias. Vem da palavra psittakós, que em grego significava papagaio.
Alexandra Lopes

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Turpilóquios

Turpilóquios – uma rubrica sobre língua portuguesa para disfrutar.

by Alexandre Henriques

Ficam mais um exemplos numa rubrica que agora passa a semanal.
turpilóquios
Tens de seguir a tua medicação ou a tua medicamentação?
A forma mais corrente é “medicação”, mas “medicamentação” existe e está igualmente certa.

É preciso fazer os trabalhos de casa. Tu fazes os TPC. Eu fiz os TPC.
É preciso fazê-los, tu fá-los, eu fi-los.
Quando a forma verbal termina em r, s ou z, a pronominação faz-se com -lo, -la, -los, -las.
(Por vezes ouvem-se palavras estranhas em tuguês arcaico: é preciso fazeresos, tu fázios, eu fízios. Essas formas devem ser rapidamente exterminadas por perigo de contágio.)

A queda iminente do edifício mais eminente da rua.
 A palavra iminente significa o que está quase a acontecer, o que está muito próximo no tempo. A palavra eminente significa o que é mais alto, o que sobressai, o que é excelente ou muito importante. Por exemplo, a forma de tratamento de um cardeal é “Sua Eminência”.

Dessa maneira hades ter muitos amigos, não aja dúvida!
Esta frase é uma promoção (do tipo dois por um) do erro ortográfico. O verbo Haver é dos mais vilipendiados no uso da língua portuguesa. A forma correta seria “tu hás de”, no presente do indicativo, sem hífen desde o AO, e “não haja dúvida” no presente do conjuntivo, terceira pessoa do singular.

Prontos, ‘tamos feitos!
A palavra “pronto” funciona como adjetivo se acompanha um nome. Repare-se na frase: Os bolos de chocolate estão prontos. Quando se usa isoladamente, a forma correta é “pronto”, no singular, e funciona como um advérbio semelhante a “agora” (estamos feitos), ou como uma locução do género “em conclusão” (estávamos perdidos).


“Diz-se muita tolice. Se não se dissesse tanta, seria melhor, mas menos divertido.”
Surgem frequentemente confusões, apesar da diferença na oralidade. O truque mais simples é passar para a polaridade negativa: «não se diz» e «se não se dissesse». Desfaz-se assim a dúvida entre o presente do indicativo e o pretérito imperfeito do conjuntivo.

http://www.comregras.com/turpiloquios
-uma-rubrica-sobre-lingua-portuguesa-para-disfrutar_2/




domingo, 7 de fevereiro de 2016

Há livros que nos podem fazer mal?

Este artigo, encontrado no Publico on-line, https://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/ha-livros-que-nos-podem-fazer-mal-1722455, destina-se mais às profs, embora não se proíba ninguém de o ler.

Fica um excerto:
"[...] do ponto de vista clínico, estes livros nunca são perigosos. [..] Impedir os livros da grande literatura, desde a infância, é infantilizar. A infantilização traz um grande perigo: o de haver outra vez sociedades concentracionárias e com um poder vertical.”
A literatura “ajuda a construir a identidade. É fundamental. [..]Todos os livros canónicos são uma preparação para a vida. E, se pudermos, ler os clássicos das várias culturas. Porque somos isso tudo.”

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Re(descobrindo) Ilse Losa

https://ilselosa.wordpress.com/ - Informação sobre a escritora e os seus livros.

https://ilselosa.wordpress.com/                                   https://www.pinterest.com/pin/4362930867059949/
 
A propósito do conto A visita ao Padrinho, de Ilse Losa:
  • Teste Oral e excerto do conto
https://pt.scribd.com/doc/294554249/DIAL5-Teste-Oral-6-a-Visita-Do-Padrinho
  • Demonstração de uma pintura  de periquitos (pintura acrílica com azul claro, azul escuro, branco e preto).
https://www.pinterest.com/pin/4362930867059949/